A importância da leitura para a vida

alguem lendo um livro

Seja por prazer, seja para estudar ou para se informar, a prática da leitura aprimora o vocabulário e dinamiza o raciocínio e a interpretação. Um ato de grande importância para a aprendizagem do ser humano, a leitura, além de favorecer o aprendizado de conteúdos específicos, aprimora a escrita.

A leitura diversificada como:  livro impresso, leitor digital, gibis, jornais ou revistas, não importa a ferramenta sempre descerra espaços no intelecto. Ao ler a pessoa abre um leque de oportunidades para o desenvolvimento pessoal e profissional. É por meio dela (a leitura) que a pessoa se desliga do cotidiano, rompe as fronteiras da imaginação e descortina novos universos sem sair do lugar.

Encontrar um tempo para ler é um processo que permite a expansão de si mesmo, criando a abertura para infinitas possibilidades e trilhando o caminho para o despertar do potencial pleno. Um leitor assíduo tem mais chance de absorver mais conhecimento, incentivando a sua própria evolução pessoal e profissional, do que aquele que não tem interesse em se desenvolver através desta, que é uma das formas mais eficientes de agregar valor à sua atuação, bem como à sua performance, dentro e fora do trabalho.

A leitura tem importância para o nosso desenvolvimento na vida posto que, torna-se um hábito, quando feita diariamente. Principalmente para aqueles que não tem tanta proximidade com os livros, jornais, revistas, artigos na internet, e-books, entre muitos outros meios, que contribuem para o crescimento e a expansão de nossos conhecimentos e do nosso universo interior.

Ao desenvolvemos o hábito da leitura, independentemente de que tipo de leitura estejamos falando, desenvolvemos e apuramos o nosso senso crítico. Isso quer dizer que passamos a analisar de forma mais racional e inteligente os fatos que acontecem ao nosso redor, sem nos deixar levar pela opinião alheia, evitando, assim, nos tornarmos pessoas alienadas, que não conseguem formular opiniões, conceitos e dar sugestões por conta própria.

Além disso, expande nosso vocabulário, nos deixando uma pessoa mais participativa dentro do grupo, seja ele familiar, de amizades, ou profissional. A meu ver este é um dos grandes motivos da leitura. Ela nos auxilia em todos âmbitos de nossa vida. O fato é que ela nos ajuda a conhecer novos termos e palavras, transformando nosso vocabulário ainda mais amplo e rico. Com isso, temos cada vez mais desenvoltura e somos melhor compreendidos em todas as nossas formas de nos expressarmos, seja, na oratória e também na escrita.

Outro fator importante é a melhora significativa da nossa escrita. A escola nesse quesito está muito atrasada e não consegue nos proporcionar esse fato, mas também é importante da nossa pare uma melhoria com a leitura diária. Digo isso, pois é notória a dificuldade que muitas pessoas têm de se expressar e, principalmente, escrever de forma correta em nosso país, ou seja, sem erros ortográficos ou gramaticais. Obviamente que muito disso tem a ver com o nosso sistema educacional, que por si só é falho e que nem todos têm acesso.

Outra capacidade que a leitura desenvolve em cada um de nós é o poder de persuasão. Quem não gostaria de poder persuadir seu próximo para aceitar vendas, fazer marketing, ter oportunidades reais na área profissional.

Assim, você pode perceber que ler abrirá muitas portas, que antes de desenvolver esse hábito pareciam inacessíveis.

Boa leitura!

A paz entre todos

alegria e pqaz

O dia amanhece e ilumina os corações para despertar num mundo novo. A cada dia novo acontecimento e tudo recomeça. O ar entra pelos pulmões, oxigenando o corpo e mostrando a vida que reaparece com seu brilho incessante e corrente. O ser reaprende em seus momentos um pouco mais de alegria, deixando a tristeza de lado, para acompanhar o curso do rio da vida. Aparentemente, qualquer ocorrência, mesmo que pequenina ou peculiar, tem enorme importância no destino de cada um.

No observar pequenos detalhes se encontra a oportunidade, repleta de de beleza e mansuetude. Tudo resplandece quando o coração é a morada da paz e do amor. Propostas renovadoras faz no íntimo momentos de felicidade imorredoura.

Em algum lugar, num determinado momento, a qualquer hora, um tesouro espera por você, em sintonia com o Universo. Pode ser em um pequeno sorriso, num simples aceno, um breve olhar, uma grande vitória, ou um inusitado acontecimento.

Que importa o que lhe chega. A oportunidade minúscula e breve, sendo observada e sentida, faz a dinâmica da vida e a roda girar, enquanto o mundo segue seu rumo e a vida rola para o infinito. Este é o milagre do ser, do viver. A paz traz alegria e grandes e pequenos milagres. Que importa se pequenos ou grandes: é a paz do milagre da vida. Sim! A vida é um grande milagre. O acordar faz dela um dia a mais nesse eterno milagre.

Para hoje, amanhã e sempre não deseje o impossível, apenas queira a alegria de cada dia feito de paz e amor entre os homens. Essa é a leveza da alegria e da felicidade. Tão fácil. Tão perto. Apenas queira e viva.

Sonhos de escritor

sonhos-de-escritor

Calma e quietude. Solidão diante da máquina. A inspiração demora. Nada escrito. Olhos que se voltam de um lado para outro em busca da continuidade. O livro parece adormecer. Os pensamentos pairam no ar. Através dos pensamentos parece que a mente está vazia, mas o poder fantástico da imaginação conduz os dedos no teclado. Viaja a uma aventura quase delirante.

Imagens pululam. O escrever é inevitável. Alguma recordação ainda que breve chega ao cérebro. Teclar é preciso. Deixa a personagem acordar e ficar presente. O momento prestes a se perder retorna ao ponto da exaustão. Reflexão sobre a infância, tão familiares que se introduzem nos acontecimentos da trama. Situações marcantes da vida, de decepções e de frustrações recentes, de arrependimentos dentre uma imensidão de reflexões, emergem como numa enxurrada avassaladora e tomam conta do ser. Os planos e projetos futuros com suas incertezas e possibilidades num momento otimista também fazem parte do turbilhão de pensamentos. A obra se impõe.

Até que não mais se apercebe nitidamente. Apenas os dedos teclam num ritmo alucinante. Seu senso de alerta é engolfado pela personagem deslizando para a tela do computador. A história se recobra. Com ela os intrigantes sonhos são registrados, horizontes descobertos. A personalidade traz algumas de suas manifestações sombrias e enigmáticas.

Em meio a essa loucura um alcançar. O sonho gera inspiração, se torna obsessão, o despertar, para quem prefere ser escritor, é um alívio. Se não houvesse sequer recordação de momentos, então o despertar é estranho: tudo pode voltar ao começo. A dificuldade invade novamente e a cena se desconstrói. Ou não: apenas um breve momento até chegar ao ponto. Pode durar somente o instante de olhar a hora e voltar ao estado vesano.

Geralmente nesse estágio, as horas se tornam criança. O tempo se esvai sem pios, enquanto avança no drama. Se houver sucesso, então o aprazível descanso restaurador e salutar agracia o autor a espera de um novo momento extasiado de dor e amor.