A gentileza versus a depressão

gentileza-cura-depressao

Acredito que a maioria já ouviu sobre a necessidade de ser gentil. Quando a gentileza impera num ambiente é como se houvesse uma brisa fresca e leve no ar. A gentileza gera amabilidade, elegância e acima de tudo educação. Uma pessoa gentil demonstra cortesia, é educada e atenciosa. Aquele que é gentil deixa um toque inesquecível. Ele passa pela vida do outro, toca-o com delicadeza e marca-o onde ninguém mais pode ver. Por tudo isso é uma pessoa cativante.

Se você pensar um pouco em gentileza logo assomarão rostos em sua mente. Somente essas imagens já trazem no interior de cada um a emanação da bondade e da calma.

Sei que atualmente, poucas pessoas temos o prazer de conhecer, que emanam gentileza no olhar, nos gestos, no sorriso e nas palavras. No entanto, quando as encontramos, somos seduzidos por ela. A calma, alegria e bondade que dela advém parecem encher o ambiente. Você, eu, qualquer pessoa imagina que aquele ser não tem problemas, e se tem, está num nível evoluído que a faz tratar a todos com amor e humildade. Outro dia parei para pensar e me perguntei: O que torna essa pessoa tão especial e querida por todos? O que a mantém nesse estado de equilíbrio com o ambiente? Será que ela é tão gentil consigo mesma como é com as outras pessoas e com a vida?

Todos nós passamos por situações complicadas e difíceis. Somos ludibriados, destratados e, muitas vezes, até mal amados. Sofremos com a falta de dinheiro, temos preocupações com a nossa saúde e com a saúde de todos que amamos, sofremos por injustiças e corrupções diárias, muitas vezes nos sentimos feridos e com dor, enfim, são tantos os motivos que poderiam justificar a falta de gentileza…

Entretanto, o que difere o ser gentil é que ele não coloca seus problemas no centro do mundo e nem acha que todos têm que parar com suas vidas porque ele não está bem. O verdadeiro entendedor da gentileza sabe ser suave com os outros, percebe que somos interligados por algo maior que nossos próprios interesses, que estamos num mesmo mundo e não há nada fora dele. E, assim, segue seu dia sempre agradecido e não obstante a gentileza que oferece ele recebe de volta.

Descobri, depois de muito sofrer, que a gentileza pode transformar uma vida, uma relação, um relacionamento profissional: basta praticar. A gentileza no ambiente de trabalho é o grande trunfo dos profissionais que estão prontos para fazer a diferença no mercado. Gandhi dizia que “a gentileza não diminui com o uso. Ela retorna multiplicada.” Gentileza é um gesto de cuidado com o outro, com a vida. Geralmente, a pessoa que é gentil com as outras acaba se destacando. E, mais, mesmo sendo depressiva é importante lutar contra essa prostração: indo ao médico, tomando seus remédios e mudando os pensamentos negativos que giram em nossas cabeças. Na verdade a gentileza pode ajudar na nossa cura. O importante é praticar, praticar e praticar. Ninguém pode desistir de si mesmo. Esse é um caminho que ilumina o poço em que nos encontramos e toda luz nos faz ir ao seu encontro, portanto não desanime. Você, eu, todos nós  podemos transformar nossas vidas praticando a gentileza. A vida ficará mais colorida. Acredite!

Você pode ajudar seu próximo, ao invés de criticar

Você pode ajudar seu próximo, ao invés de criticar

  • É preciso muita coragem para determinar-se a não seguir o mundo e ser mais parecido com Jesus Cristo em atitudes, amor, atenção e ensinamentos. Somos representados não pelas palavras que dizemos e sim pelas nossas ações. Isso mostra quem realmente somos e o valor que damos ao escolher fazer coisas boas. Talvez essas escolhas pareçam pequenas aos olhos de muitos, mas grandes aos olhos do Senhor!

    É através de coisas pequenas e simples que as grandes são realizadas.

    Vejamos o exemplo de uma semente. Se planto a boa semente no solo, ainda que a terra não esteja completamente pronta, posso tratá-la e cuidar dela. Primeiro eu cavo e preparo o local, coloco um pouco de adubo na terra e planto a semente. Vou verificar constantemente se a semente está bem e providencio sombra para que o sol não a queime e seque. Depois adiciono água, amor e fé para que ela cresça forte e saudável e espero pacientemente dia após dia os resultados dos meus esforços.

    Leva tempo mas ali está ela, a planta rompe a casca da semente, cresce em direção à luz do sol e se fortalece com o passar dos meses. Ela está cada dia melhor e mais bonita e daquela pequena semente que eu plantei lindas folhas, frutos e flores são gerados. No fim, vejo que não deu tanto trabalho e desejo plantar mais e mais sementes e continuo a ter trabalho, amor e fé, porque vejo que pequenas e simples ações podem salvar aquelas sementes.

  • 1. Tenho que ter cuidado

    É preciso ter cuidado com as preciosas sementes, afinal somos todas almas preciosas a Deus. Temos que nutrir e fortalecer as mãos que pendem, os corações aflitos e destroçados pelas angústias da vida. Temos que ter o cuidado de não ferí-las ou machucá-las com palavras ou atos rudes e impulsivos.

    Temos que ser a força e o cuidado dessas pessoas, mesmo quando nenhuma força existir dentro delas. Devemos compartilhar nossa fé e força para elevá-las e trazer mais sentido e alegria à vida das preciosas sementes.

  • 2. Persistência

    Talvez demore algum tempo para que os milagres produzidos por nossa fé na vida dessas pessoas a quem ajudamos possa surtir efeito, mas não podemos desistir ou desanimar, precisamos persistir em nossas boas obras, em levar alegria e consolo aos corações aflitos.

  • 3. Viver de modo que as pessoas vejam

    Devemos viver de acordo com o que pregamos e dizemos. Devemos deixar que o brilho de nosso coração e amor resplandeça em misericórdia, generosidade e gentileza e que isso esteja exposto no nosso semblante e olhar.

  • 4. Mostrar a todos quem é o seu Salvador

    Devemos nos empenhar em ajudar as pessoas a conhecerem mais a Cristo. Elas devem saber o que Ele foi capaz de fazer por todos nós e com que grande amor foi capaz de dar sua própria vida a nosso favor. Devemos mostrar às pessoas que Ele fez tudo isso para que em nossas dificuldades encontremos alegria e que possamos sentir mais alegria em servir aos nossos irmãos.

  • 5. Amor sincero

    Muitas vezes o que uma pessoa necessita é de um pouco de atenção, um abraço de conforto, um carinho, seus ouvidos para falar-lhe sobre as dificuldades da vida, um sorriso de ternura, um ombro para chorar e seu amor para ajudar.

    Essa é a forma mais eficaz de tocar corações.

  • 6. Incentivar

    Precisamos incentivar as pessoas a crerem que suas vidas podem mudar, que podem melhorar e podem ser mais felizes ao lado do Senhor. Podemos mostrar a elas que isso é possível, porque nós mesmos vivenciamos essa mudança.

  • 7. Desejo de ajudar e servir

    Ter o desejo e praticá-lo é o melhor modo de salvar pessoas, aconselhando-as, orando por elas, ajudando-as em suas necessidades da forma que pudermos e com o que tivermos.

  • 8. Orar

    Precisamos também orar por nossos irmãos para que o Senhor em sua bondade infinita visite-os, ajude-os e conforte seus corações. Para que sintam a presença de Seu Espírito e compreendam que apenas estamos ali para ajudá-los, não para julgá-los ou ofendê-los.

  • 9. Ter sensibilidade

    Precisamos ter sensibilidade e estarmos conectados ao Senhor através de atitudes simples mas constantes. Precisamos buscar orientação divina e ter em nosso coração sempre o intuito de ajudar e jamais ser pedra de tropeço na vida de um irmão. Devemos orientar nossos queridos afirmando que as portas sempre estarão abertas para a real felicidade com Deus!

  • 10. Estender a mão e não desanimar

    Mesmo que tenhamos ajudado a salvar apenas uma só alma, teremos feito algo grandioso, pois levamos a Deus um filho Seu que estava perdido e foi encontrado. Pleno de alegria ao voltar para a casa de Seu Pai Celestial!

    Imaginemos quanta alegria teremos ao voltar para nosso lar Celeste e saber que fizemos tudo para levar muitas almas de volta ao Senhor!

    Por fim quero salientar a importância de salvar almas a partir das palavras deThomas S. Monson um defensor da família, quedisse: “O mundo precisa de ajuda, existem pés a firmar, mãos a segurar, espíritos a encorajar, corações a inspirar e almas a salvar”.

    Comecemos a fazer isto neste exato momento mudando nossa vida para melhor a favor do próximo e compartilhando essa mensagem para todas as almas preciosas!