Término dos privilégios dos políticos

Assine para exigir que políticos se aposentem pelas regras do INSS! Basta das regalias deles!

politicos-aposentadoria

Clique para assinar

Um político (seja deputado, senador, prefeito, vereador etc) foi eleito com o voto do povo para um mandato temporário. Mesmo assim, existem regras especiais de aposentadoria para eles, e muitos conseguem aposentar com 8 anos de trabalho!

Isto é um absurdo, ainda mais considerando que “ser político” não é uma profissão, não existe concurso para tal cargo. Esta pesquisa do jornal Estadão mostra que parlamentares ganham 7 vezes mais que um aposentado pelo INSS.

Está na hora de dizer BASTA! Assine e compartilhe este abaixo-assinado para fazer chegar no STF, no Ministério Público Federal, no Congresso e outras autoridades que queremos que isso acabe!

O Brasil continua em crise, e os parlamentares continuam ganhando rios de dinheiro, mesmo aposentados. Não é aceitável que políticos tenham uma Previdência dessas enquanto milhares de pessoas vivem com só um salário mínimo.

A bizarrice é tão grande que um político se aposenta em média ganhando R$ 14 mil por mês, enquanto no INSS uma pessoa comum se aposenta ganhando em média R$ 1.682 por mês.

Assine para fazer nossa voz ser ouvida! A Constituição determina que tomos todos iguais, portanto o tempo de serviço e as regras precisam ser iguais para todos. O tratamento diferente para políticos é inaceitável!

Ajude a Change.org a continuar existindo em 2017!
Contribua com apenas R$ 1/dia.

O que você quer mudar?
Faça um abaixo-assinado.

Semana do Livro de Pernambuco

http://semanadolivrodepernambuco.com.br/

É urgente (re) escrever o presente. É fundamental tratar a palavra como ação e mecanismo de mudança, ativação social. De 30 de novembro e 4 de dezembro a Semana do Livro de Pernambuco — Narrativas Possíveis do Presente ocupa o Museu do Estado de Pernambuco (Mepe) com debates, oficinas e mesas redondas, voltados para o público adulto e infantil. As pautas, enfrentamentos e dúvidas que marcaram o ano serão colocados em discussão por escritores, críticos literários, editores, livreiros e jornalistas. A Semana do Livro tem como realizadores a Cia de Eventos e Ideação; apoio cultural do Ministério da Cultura (MinC).
PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

Dia 30 de novembro – quarta-feira

Painéis Narrativas Possíveis do Presente

15h – 2016 sob o signo de K – O crítico e escritor José Castello abre o painel Narrativas Possíveis do Presente com uma masterclass sobre O processo, romance de Franz Kafka, como uma forma de pensar o “ano judiciário” que foi 2016. Auditório Cícero Dias

17h – A escrita como resgate – O escritor Bernardo Kucinski (Os visitantes, K.) e a tradutora e escritora Ivone Benedetti (Cabo de guerra) falam sobre a literatura como estratégia para dar voz às vítimas da ditadura brasileira das décadas de 60 e 70. Auditório Cícero Dias

18h30 – Lançamento da Bienal do Livro 2017 e estreia do projeto O ano das lágrimas na chuva – Além das novidades da próxima edição da Bienal, recebemos a primeira edição do projeto que, durante 2017, levará o escritor e cineasta Fernando Monteiro a debater com poetas brasileiros. Para a estreia, Adelaide Ivánova (O martelo, Polaróides), poeta e fotógrafa pernambucana radicada na Alemanha. Auditório Cícero Dias

20h – Intervenção teatral do grupo Magiluth. Área externa – Palco

Espaço Livro Aberto

18h – Lançamento do livro Pegadas de um Sertanejo-Vida e memória de José Saturnino, de Antonio Neto e José Alves Sobrinho. Área externa

Dia 01 de dezembro – quinta-feira

Painéis Narrativas Possíveis do Presente

17h30 – Leia Mulheres recebe Elvira Vigna – A autora conversa sobre seu romance Como se estivéssemos em palimpsesto de putas, que traz um olhar ácido sobre a atual sociedade. Auditório Cícero Dias

19h – Lançamento do livro A história incompleta de Brenda e de outras mulheres, de Chico Ludermir – O fotógrafo e jornalista Chico Ludermir fala sobre seu processo criativo com as mulheres trans e travestis que perfila em sua obra, lançada pela Confraria do Vento. Auditório Cícero Dias

Espaço Livro Aberto

18h – Léo Asfora lança seu livro Além das palavras, uma obra que reúne 81 poemas que discorre sobre a vida, com sentimento e reflexão. Área externa

18h45 – Apresentação do grupo Cacuriá de Dona Teté. Área externa-Palco

20h – Apresentação musical com o grupo Em Canto e Poesia . Área externa – Palco

Dia 02 – de dezembro – sexta-feira

Painéis Narrativas Possíveis do Presente

16h – Campus em disputa – Conversa sobre as formas de resistência e de luta por direitos na universidade pública, a partir dos modos de agir na ou a partir da instituição. Com as presenças de Dandara Luísa Alves (graduanda em Ciências Sociais, integrante do Laboratório de Estudos em Sexualidade Humana e estagiária da Diretoria LGBT – UFPE), Chico Ludermir (jornalista e artista multimídia), Maria Eduarda Mota Rocha (professora do Programa de Pós-graduação em Sociologia – UFPE) e Yvana Fechine (professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação – UFPE). Auditório Cícero Dias

17h30 – A gestação de Pérolas porcas – Raimundo Carrero recita e comenta textos do seu romance a ser lançado em 2017, Pérolas porcas (Iluminuras). Auditório Cícero Dias

Espaço Livro Aberto

19h –Mercado literário no Nordeste- Mesa com Lucinda Marques, presidente da Câmara Cearense do Livro , Deborah Echeverria da Editora Cubzac e representante da Leia -Liga de Editoras Independentes e Alternativas e Karla Melo, da Confraria do Vento. Auditório Cícero

20h – Intervenção musical e poética com os artistas Maciel Salú e Isaar França que reincorporam Ascenso Ferreira em homenagem in memoriam ao poeta pernambucano. Área externa – Palco

Dia 03 de dezembro – sábado

Painéis Narrativas Possíveis do Presente

16h – As vantagens de ser malvado – O quadrinista André Dahmer (O Globo/ Folha de S. Paulo) em debate com a jornalista Carol Almeida sobre o trabalho de transformar em imagens os conflitos da sociedade. Auditório Cícero Dias

17h30 – Livrarias: vocação humanística? Uma conversa entre Lourival Holanda (professor do Departamento de Letras da UFPE) e Daniel Bandeira Louzada (atual proprietário da carioca Livraria Leonardo da Vinci), com mediação do curador Schneider Carpeggiani, sobre o papel humanístico, para além do comercial, que precisam ter as livrarias. Auditório Cícero Dias

19h – Lançamento do livro Guerra de ninguém – O escritor Sidney Rocha autografa e conversa sobre seu novo livro de contos, Guerra de ninguém (Iluminuras). Auditório Cícero Dias

Espaço Livro Aberto

15h – Silvério Pessoa lança o livro Religiosidade Popular- França e Pernambuco: Diálogos, expressões e conexões – O músico autografa o seu livro que traz um estudo comparativo entre as expressões da religiosidade popular pesquisadas entre o Sul da França (Occitânia) e o Nordeste do Brasil (Pernambuco) e conversa com o antropólogo Roberto da Motta. Auditório Cícero Dias

15h – Eugenia Zerbini autografa Harém – Eugenia Zerbini, romancista premiada com o Prêmio Sesc Literatura, conversa sobre o seu novo livro de contos, Harém. O título pode evocar o Oriente, mas é um falso Oriente, como são aqueles sonhados pelos ocidentais. Nesse “harém” as odaliscas são quase todas brasileiras e trazem histórias profundas. Área externa

18h30 – Andréa Nunes, autora de romances policiais, conversa com o escritor Sidney Niceas sobre seu processo de criação. Área externa

19h – O poeta Miró lança e autografa seu mais recente trabalho, 20 – para pensar um pouco. Área externa

20h – Apresentação do escritor Zelito Nunes e Eugênio Jerônimo– Humor na feira. Área externa – Palco

Dia 04 de dezembro – domingo

Painéis Narrativas Possíveis do Presente

15h – Como fazer a magia de Harry Potter funcionar – Monica Figueiredo, editora da Rocco responsável, no Brasil, por todos os livros da série Harry Potter, conversa sobre o processo de implantação e manutenção da marca Harry Potter. Auditório Cícero Dias

17h – Booktubers – Modos de ser e usar – Uma conversa com a booktuber catarinense Pam Gonçalves, que tem quase 200 mil inscritos no seu canal do YouTube, sobre o que implica a expressão booktuber e como sobreviver à ela. Auditório Cícero Dias

Espaço Livro Aberto

15h – Apresentação do escritor e poeta Sidney Niceas do seu livro Noite em Clara. Área externa

18h – A escritora Mirela Paes conversa sobre literatura e cultura digital. Área externa

18h30 – Apresentação do poeta Miró com o seu mais recente trabalho, 20 –para pensar um pouco. Área externa

18h –Patrícia Maês lança Tempos de Olívia – A autora autografa seu romance e conversa com o escritor Sidney Niceas sobre as influências sofridas durante o processo de maturação da narrativa de seu último livro, publicado pela Cubzac. Auditório Cicero Dias

 

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor/

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor/

Lançamento em Cartagena- Colômbia em Março de 2017

Seguindo as edições anteriores convidamos escritores, poetas e entusiastas, para a participação no novo projeto Literário da Literarte.

Trata-se da Antologia  que será lançada no Brasil e na Colômbia no Próximo ano, quando teremos o evento da Editora Mágico de Oz no Rio de Janeiro e em março lançaremos em evento Cultural em Cartagena, juntamente com a entrega do Prêmio aos destaques latino-americanos de Literatura.

O Livro terá algumas páginas em Homenagem ao Escritor Colombiano Gabriel Garcia Marquez, e será uma edição Bilíngue.

A Literarte irá preparar uma grande Festa na Colômbia para receber brasileiros e artistas colombianos e todos os escritores serão convidados.

Resultado de imagem para cartagena

Gabriel Garcia Marquez

Quem é Gabriel Garcia Márquez

 Resultado de imagem para gabriel garcia marquez

Gabriel Garcia Márquez foi um importante escritor de contos, novelista, jornalista e ativista político colombiano. Nasceu em 6 de marco de 1927, no município de Aracataca. Faleceu em 17 de abril de 2014, aos 87 anos, na Cidade do México.

 É considerado pela crítica literária mundial como sendo um dos mais importantes escritores do século XX. Em 1982, ganhou o Prêmio Nobel de Literatura, pelo conjunto de sua obra. A obra mais popular de Garcia Márquez é “Cem anos de solidão”, onde o autor mistura o épico com o realismo fantástico.

Biografia de Gabriel Garcia Márquez (principais momentos e fatos de sua vida):

– Filho de Luisa Santiaga Márquez e Gabriel Eligio García. Seu pai era farmacêutico.

– Foi criado pelos seus avós maternos, pois os pais foram morar, em 1929, na cidade de Barranquilha.

– Em 1947, então com 20 anos, foi estudar Ciências Políticas e Direito na Universidade de Bogotá. Porém, abandonou o curso sem terminá-lo.

 – Em 1948, mudou-se para a cidade de Cartagena e começou a trabalhar como Jornalista.

 – Em 1949, foi morar na cidade de Barranquilha para trabalhar como repórter para o jornal El Heraldo.

 – Em 1954, começou a trabalhar como repórter e crítico para o jornal El Espectador.

 – Em 1955, publicou seu primeiro romance “La Hojarasca”.

 – Em 1958 foi trabalhar na Europa como correspondente internacional. Ao retornar para Barranquilha, casou-se com Mercedez Barcha com quem teve dois filhos.

 – Em 1961 foi trabalhar em Nova Iorque como correspondente internacional. Porém, suas ligações com o regime político de Cuba fez com que a CIA o perseguisse. Vai morar então no México.

 – Em 1967, publicou sua obra mais famosa “Cem anos de solidão”.

 – Em 1982 vem o reconhecimento internacional de sua obra com o recebimento do Prêmio Nobel de Literatura.

 – Seu interesse por cinema o fez fundar, em 1986, a Escola Internacional de Cinema e Televisão em Cuba.

 – Viveu os últimos anos de vida em Cuba, onde lutou contra um câncer linfático.

 – Morreu em 17/04/2014, na Cidade do México (causas do falecimento não foram divulgadas).

Principais obras de Gabriel Garcia Márquez:

 – Relato de um náufrago – 1955
– Ninguém escreve ao coronel – 1961
– Cem anos de solidão – 1967
– A última viagem do navio fantasma – 1968
– Entre amigos
– Um senhor muito velho com umas asas enormes
– Olhos de cão azul
– O outono do Patriarca
– Crônica de uma morte anunciada -1981
– O verão feliz da senhora Forbes
– O Amor nos tempos do cólera – 1985
– O general em seu labirinto
– Doze contos peregrinos – 1992
– Do amor e outros demônios 1994

 Frases de Gabriel Garcia Márquez:

 – “O sexo é o consolo que temos quando o amor não nos alcança.”

– ” O bolero é a vida.”

– “A moral também é uma questão de tempo, dizia com um sorriso maligno, você vai ver.”

– “Nunca abandone o barco em alto-mar.”

– “A idade não é a que temos, mas a que sentimos.”

– “Não existe pior desgraça que morrer sozinho.”

Regulamento – Prazo para envio dos textos: 

10 de Novembro de 2016 

DA PARTICIPAÇÃO
1.1. A antologia “Tributo a Gabriel Garcia Marquez ” é promovida pela Literarte – Associação Internacional de Escritores e Artistas.
1.2. Poderão participar da antologia todas as pessoas físicas maiores de 18 anos, ou menores com permissão do responsável, residentes legais no Brasil, bem como brasileiros residentes no exterior. Também poderão participar da Antologia escritores de outras nacionalidades.
1.3. Das características da antologia: A Antologia, receberá única e exclusivamente contos, poesias, trovas, haikais,sonetos e crônicas, sendo que a criatividade e imaginação do escritor darão o toque e estilo ao trabalho.
1.4. A participação se dará no sistema de cotas, sendo que cada autor deverá proceder ao pagamento da seguinte forma: Para não associados da Literarte: R$400,00 (Quatrocentos reais) em 2 PARCELAS, por texto publicado, (2 poesias ou 1 conto ou crônica – Limite de Ocupação de 4 páginas diagramadas no Livro) , a resposta de aceitação será imediata.
Para associados Literarte: R$300,00(Trezentos  reais) em 2  parcelas.
Para autores que desejarem poderão enviar a tradução do seu texto, mas os textos serão traduzidos, uma vez que o livro será bilíngue.
Os participantes receberão um total de 8  exemplares da Antologia por cota de participação.
Título: Tributo a Gabriel Garcia Marquez
Formato: 230 X 160 mm (fechado)
Paper: OFF SET
1.7. A presente antologia será confeccionada pela  Editora Literarte, será registrada , receberá ISBN , mas cada autor é responsável por registrar suas obras, a antologia  tem como finalidade estimular a produção de contos, formação e divulgação de novos autores.
O Texto também pode ser enviado pelo email: valladares@grupoliterarte.com.br
Assunto: Antologia Tributo a Gabriel Garcia Marquez, junto com os dados de inscrição
1,8. Os contos inscritos deverão contemplar, obrigatoriamente, os seguintes elementos:
(a) narrativa em primeira pessoa ou terceira pessoa;
(b) O tratamento dado ao tema será de exclusividade de cada autor.
SOBRE AS INSCRIÇÕES:
2,1 Para participar os candidatos deverão, além de enviar um ou mais textos de acordo com as regras estabelecidas neste regulamento, fornecer as informações a seguir:
(a) nome completo do autor do conto e de seu responsável legal(se for menor de idade);
(b) data de nascimento;
(d) endereço físico e eletrônico, completo e legível;
(e) telefone fixo e celular;
Uma foto
(i) frete de entrega dos livros será por conta do autor.
2,3 Os participantes concordam em autorizar, pelo tempo que durar a antologia com a editora, que a organização  faça  uso do seu conto, suas imagens, som da voz e nomes em mídias impressas ou eletrônicas para divulgação da Antologia, sem nenhum ônus para os organizadores, e para benefício da maior visibilidade da obra e seu alcance junto ao leitor.

OUTRAS INFORMAÇÕES
2,4 Dúvidas relacionadas a esta antologia e seu regulamento poderão ser enviados para o e-mail valladares@grupoliterarte.com.br.
2,5 Todas as dúvidas e casos omissos neste regulamento serão analisados por uma comissão composta pela equipe organizadora e sua decisão será irrecorrível.
2,6 Para todos os efeitos legais, os participantes do presente Antologia, declaram ser os legítimos autores dos contos inscritos e garantem o ineditismo dos mesmos, isentando a editora pessoa física  de qualquer reclamação ou demanda que porventura venha a ser apresentada em juízo ou fora dele.
2,7 A literarte, reserva-se o direito de alterar qualquer item desta Antologia, bem como interrompê-la, se necessário for, fazendo a comunicação expressa para os participantes.
2,8 A participação nesta Antologia implica na aceitação total e irrestrita de todos os itens deste regulamento.
Editora Mágico de Oz anuncia Prêmio Nordeste de Literatura e João Pessoa é a cidade escolhida!

Editora Mágico de Oz anuncia Prêmio Nordeste de Literatura e João Pessoa é a cidade escolhida!

            A Literarte apoia a Editora Mágico de Oz, mais uma vez, só que agora em sua primeira edição do  Prêmio Nordestino de Literatura que acontecerá no dia 26 de Novembro, em João Pessoa – Paraíba.

 A Editora contará com uma antologia comemorativa restrita apenas para os homenageados.

Além disso, terão um jantar comemorativo. Os participantes podem mandar livros para divulgação e participar de um lindo city tour para conhecer as maravilhas de João Pessoa.

A Literarte não ficou fora desse evento e pretende contribuir indicando grandes nomes da Literatura  para comemorar a cultura Nordestina e mostrar aos nossos amigos, as belezas do nosso Brasil.

Sobre a cidade:

João Pessoa é a  capital e o principal centro financeiro e econômico do estado da Paraíba. É a quinta cidade mais populosa da Região Nordeste. É uma das capitais de melhor qualidade de vida do Nordeste.  Possui antigo e vasto patrimônio histórico, A cidade de João Pessoa foi considerada, pela organização International Living, como uma das melhores cidades do mundo para se desfrutar a aposentadoria. 

Todos os nomes serão anunciados no site (http://magicodeozpt.blogspot.com.br/)

 

bate-papo
Casa PublishNews Coworking reuniu, em Paraty, as melhores cabeças da indústria editorial, além de muita diversão e simpatia

No ano passado, em uma dessas conversas de botequim, surgiu uma ideia meio maluca: e se o PublishNews reunisse alguns parceiros e fizesse uma casa compartilhada em Paraty durante a Flip? Foi assim que nasceu a Casa PublishNews Coworking, que teve sua primeira edição – meio modesta — no ano passado, e voltou agora em 2016 numa versão mais bem-acabada, maior e mais ousada, reunindoBookwire, Frankfurt Book Fair / Books in Print, hoo editora, International Paper,Edições Sesc e Ubook. Nos dias de Flip, a casa reuniu as melhores cabeças da indústria editorial para debaterem temas como livro digital, metadados, a representatividade na literatura brasileira e a liberdade de opinião em tempos de redes sociais. Todas elas bem concorridas e com pessoas fundamentais tanto nas mesas quanto na plateia. As mesas eram seguidas pelo Happy Hour do Chambril – com cerveja Jeffrey, música e bom papo.

Continue a ler no Blog da Redação do PublishNews