O que é o amor?

casal-apaixonado (1)

Muitas vezes nos perguntamos o que é amar? Amar de verdade, sem peias ou amarras. Pois eu vejo o amor de verdade como saber, reconhecer e aceitar a pessoa como nós somos. Assim, não há como ver defeitos e virtudes. O importante é que as virtudes são muito importantes para nós e os defeitos não são incomodativos para nossa vida, que os costumes também não incomodem, que nem tudo é cor-de-rosa e que não vivemos em um conto de fadas.

O amor verdadeiro é algo que vai além de amar as coincidências. Um amor sincero e verdadeiro é se apaixonar pelas diferenças com grande intensidade, ser tolerante com os erros e abrir as portas para a confiança. Principalmente a confiança. Seu amor deve ser seu maior amigo e confidente.

Uma pessoa não pode dizer que ama o outro até que não conheça seus demônios, sua raiva, sua chateação e suas contradições. É necessário amar de verdade para compreender que em um relacionamento nem tudo é beleza; também há caos e, junto a ele, dinamite.

Resumindo, o amor não se conceitua, não se define, pois não é algo palpável, concreto, porque o amor é conviver cuidando de pequenos detalhes, armando quebra-cabeças e montando castelos de sonhos e desilusões no ar. Se assumirmos isso, conheceremos o verdadeiro valor da permanência, veremos que há sentimentos que perduram, que não são de usar e jogar fora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s